Sabonete Líquido x Sabonete em Barra: qual escolher?

Esta é uma dúvida muito frequente, então vamos começar, primeiramente, a entender para que serve o sabonete.

A principal função do sabonete é de fazer a limpeza da pele, remover as impurezas, poeiras, as células mortas, o excesso de óleo e suor.

Sabonete em Barra

A diferença no processo de fabricação está na base. A base para os sabonetes em barra é obtida através da reação de gorduras vegetais ou animais com soda cáustica. Após esse processo, são adicionados conservantes, corantes, essências e o produto é prensado.

Sabonete Liquido

Já os sabonetes líquidos são obtidos em uma única etapa através da mistura de conservantes, corantes, emolientes, hidratantes e essências.

Devido a esse processo de fabricação, é muito mais fácil agregar um número maior de ingredientes benéficos para a pele aos sabonetes líquidos.

Diferença

Então, a diferença mais importante, e a que mais interessa para nós, é o Ph. O Ph fisiológico da pele é ácido, girando em torno de 5 a 6, o Ph dos sabonetes em barra ficam em torno de 7 (Ph neutro) ou maior que 7 ( Ph básico) , já os sabonetes líquidos podem ser ajustados mais facilmente e a grande maioria deles tem Ph fisiológico, igual ao da pele. Isto quer dizer, se o Ph da pele é mais ácido, então quando se usa um sabonete mais básico (barra com Ph 7 ou maior) ocorre uma desestruturação do manto hidrolipídico levando a um ressecamento da pele, deixando-a desprotegida.

Portanto, o mais indicado para a higienização do rosto e corpo é o sabonete líquido, pois agride menos a pele. Mas, o mais importante, é que sempre após o banho, devemos hidratar a pele.
Outra questão que gera dúvidas é se pode usar o mesmo sabonete para o rosto e corpo. A resposta é não. Apesar de alguns sabonetes apresentarem o mesmo tipo de ingredientes, os componentes dos sabonetes para face são mais suaves que os utilizados para os sabonetes corporais.

Para a face, temos produtos diferentes para a limpeza do rosto e que produzem efeitos diferentes.
• Sabonete para face: Promovem a limpeza facial através da ação detergente (formar espuma), tem diversas indicações, dependendo da finalidade e dos componentes. Apresentam-se nas versões em barra, líquido, espuma, mousse, gel ou bifásico. Tem para todos os tipos de pele: seca, oleosa, acneica, mista, normal ou sensível.
• Loções de limpeza: são mais suaves por conterem pouco ou nenhuma quantidade de detergente, tem Ph fisiológico, não agridem a pele, são indicados para qualquer tipo de pele, principalmente as mais sensíveis. São aplicados com algodão e não necessitam de enxague, são usados também como demaquilantes e podem conter substâncias que ajudam a tratar a pele, como hidratantes, antioxidantes e até água termal.
• Esfoliantes: São substancias abrasivas que contem grânulos que promovem uma ação física sobre a pele, removendo as células mortas deixando a pele mais macia e regular. Existem vários tipos de esfoliantes, mais ou menos abrasivos, isto depende do tipo de granulo que o compõe.

Os esfoliantes são mais indicados para peles oleosas e com cravos. Devem ser usados uma vez por semana, sem fazer muita força na pele, pois pode provocar irritações na mesma. Não é indicado para peles secas e sensíveis e principalmente para quem está em uso de ácidos, pois a pele fica mais fina e mais suscetível à irritações.

Podemos concluir que com tantas opções de sabonetes fica difícil escolher, então a melhor forma é consultar um Dermatologista que é o profissional mais qualificado para indicar qual sabonete é o mais adequado para cada tipo de pele.